domingo, 19 de agosto de 2012

5° Lugar - CONPOZAGÃO” – Concurso de Poesia “Os Cem Anos do Gonzagão

  ESSA TERRA NÃO DÁ FLOR 

Amigos e amigas,


Com muita alegria e safisfação comunico que no dia 18 de agosto de 2012 na Fazenda Cidade, município de São João do Rio do Peixe ( PB) aconteceu o  I CONPOZAGÃO – Concurso de Poesia “Os Cem Anos do Gonzagão” no qual obtive a honrosa 5ª colocação com o poema Centenário de um Bravo.

O evento contou com 49 poemas inscritos por representantes de 19 estados brasileiros no período de março/maio e foram criteriosamente analisados por uma comissão formada por membros da Academia Paraibana de Letras.

Luiz Gonzaga que é considerado o maior representante da música popular nordestina foi um defensor e divulgador das tradições sertanejas. Graças ao inventor do baião, o Brasil conheceu a musicalidade do povo nortista em versos que falavam de secas, da natureza regional e da cultura. E para homenageá-lo  foi ofertado aos vencedores do concurso o troféu "A Coroa do Rei"  cujos agraciados foram, em 1° lugar,  Sérgio Bernardo (RJ), Erivaldo Nascimento (PB) em 2° e Maria Alda Oliveira (CE) em 3°. Os demais selecionados iram participar de uma coletânea em homenagem aos cem anos de Luiz Gonzaga. 

Manifesto meus agradecimentos ao Grupo União São Francisco por esse empreendimento cultural  oportunizando a divulgação do trabalho dos poetas nacionais e pela merecida homenagem a esse cantador do povo nordestino que tanto honrou a sua terra ao cantá-la para o mundo. 

Encerro este post como a poesia com a qual fui premiada e um Viva a Luiz Gonzaga!


Centenário de um Bravo

Essa terra não dá flor
Mas Gonzaga nasceu dela
E assim tudo o que nasce
Traz missão na espinhela

Ele sabe do sertão
Como o sertão sabe das secas
Da vida tomou lição
Conheceu suas incertezas

Viu sua gente pelo avesso
Tanta cultura esparramada
Transformou tudo em verso
Foi baião na batucada

Espantando essa peste
Apelidada por tristeza
Cantou sobre o nordeste
Vida, angústia e beleza.

Branca asa, saga antiga.
Retirante não é destino
Gonzaga, esse é o nome.
Bravo homem nordestino!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

AO ELEITOR COM CARINHO



  1. Não venda o seu voto por uma conta paga ou um vidro de remédio.
  2. Não apoie um candidato somente pela promessa de um lugar como secretário ou auxiliar de limpeza sem antes se perguntar ao menos: “Eu votaria neste candidato ainda que ele não me prometesse isso?”.
  3. Não brigue com seus familiares/vizinhos por um candidato que não sabe nem o seu nome.
  4. Não difame um candidato somente por ser candidato.
  5. Deixe o seu familiar/vizinho/amigo se manifestar à vontade, desde que não infrinja a lei do bom viver e da ordem pública, ele é tão livre quanto você para se expressar. Por isso, não se incomode com os cinco cartazes colados no muro dele.
  6. Vá ao comício de todos os candidatos. Escute as propostas de cada um deles. Sempre é tempo de mudar.
  7. Deixe em paz os seus funcionários para votarem ou para irem ao comício de quem eles quiserem. Seja cada um responsável apenas pelo seu título de eleitor.
  8. Não reeleja quem não merece. Entenda por merecimento aquele vereador ou prefeito que não atuou conforme o cargo no qual foi eleito. Ou seja, trabalhar para o povo, e não para poucos.
  9. Cuidado com aquele candidato que somente neste ano apareceu no seu bairro/rua/comunidade. Há fortes indícios de que, se eleito, a próxima visita dele seja somente daqui a 4 anos.
  10.  Pense nisto: se UM voto não fosse tão importante, candidato nenhum bateria na porta da sua casa.

Conheça. Reflita. Vote.

Texto de Karline Batista

quarta-feira, 27 de junho de 2012

KARLINE BATISTA NA 22ª BIENAL DE SÃO PAULO: UMA HOMENAGEM PARA JORGE AMADO

 AS MULHERES DE AMADO  E EU  




O lançamento para a antologia que homenageia Jorge Amado já tem hora, data e local. Com o título “Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus – Homenagem ao Centenário de nascimento de Jorge Amado (1912-2012)” o livro estará no estande da PerSe Editora no dia 10 de agosto de 2012 das 19:00 às 22:00h, mesmo dia em que nasceu o laureado escritor.

A obra, resultado de um concurso internacional patrocinado pelo jornalista jequieense Valdeck Almeida de Jesus, trará artigos, redações, crônicas e poemas de 64 escritores de várias partes do mundo. São eles: Abraão Leite Sampaio, Adriana Quezado, Agostinha Monteiro, Alice Gödke, Amanda Löwenhaupt, Ana Claudia de Souza de Oliveira, Ana Rosa de Oliveira, André Kondo, Beatriz Moraes Ferreira, Betty Silberstein, Bruno Monteiro Flores, Carlos Souza, Clarissa Damasceno Melo, Crispim Santos Quirino, Danilo Souza Pelloso, Denílson da Silva Araújo, Dhiogo José Caetano, Diogo Cantante, Diogo Rocha Braga, Domingos Alberto Richieri Nuvolari, Ed Carlos Alves de Santana, Edweine Loureiro, Elson Carvalho Alves, Eulália Cristina Costa e Costa, Gil Nascimento, Gustavo Zevallos, Isadora Sabar, Janio Felix Filho, Josafá de Orós, Júlio César Freid’Sil, Karline da Costa Batista, Léa Costa Santana Dias, Lénia Aguiar, Lina Macieira, Lucas Expedito Claro Prado, Lúcia Amélia Brüllhardt, Marcelo Canto, Márcio Santos Sales, Maria da Conceição Braga de Castro, Maria das Graças Evangelista Santos, Maria Fernanda Reis Esteves, Maria José de Oliveira Santos, Maria Letra, Maria Luiza Falcão, Marilene Maria de Oliveira, Marilene Oliveira de Andrade, Marina Fernanda Veiga dos Santos de Farias, Neva Scarazzati de Oliveira, Nubia Estela, Olmira Daniela Schaun da Cunha, Paula Alves, Quitilane Pinheiro dos Santos, Renata Leone, Renata Rimet, Roberto Augusto de Piratininga Ferrari, Roseli Princhatti Arruda Nuzzi, Silas Correa Leite, Silvia Helena Machuca, Silvio Parise, Solange Gomes da Fonseca, Varenka de Fátima Araújo, Vó Fia e Zeca São Bernardo.

Jorge Amado transporta toda brasilidade para as suas obras, criando personagens pitorescos e inesquecíveis. Quem não se lembrará de Dona Flor, Pedro Arcanjo, Vadinho e Gabriela patrimônio da cultura nacional? Em seus textos se encontra o popular e o folclórico com seus falares típicos e marcantes fazendo de Jorge um imortal. Cada capítulo revela um pedacinho do Brasil entremeado pela irreverência e sagacidade tão peculiares a mostrar que por suas mãos a Literatura Brasileira continua autônoma e original.

CONCURSO LITERÁRIO

O certame acontece desde 2005 e tem o apoio do Núcleo Baiano da União Brasileira de Escritores, que se junta à justa homenagem a Jorge Amado. Totalmente patrocinado pelo escritor Valdeck, o prêmio já publicou treze livros com mais de 1.100 textos diversos de autores do Brasil, Argentina, Espanha, Portugal, Estados Unidos, Moçambique, China, França, Inglaterra, Japão, Suécia e Suíça, num trabalho sobre-humano de difusão da literatura e da língua portuguesa.

VALDECK ALMEIDA DE JESUS (1966) é jornalista, funcionário público, editor, escritor e poeta. Embaixador Universal da Paz, Membro da Academia de Letras do Brasil, Academia de Letras de Jequié, Academia de Cultura da Bahia, Academia de Letras de Teófilo Otoni, Poetas del Mundo, Fala Escritor, Confraria dos Artistas e Poetas pela Paz e da União Brasileira de Escritores. Publicou “Memorial do Inferno: a saga da família Almeida no Jardim do Éden”, “Feitiço contra o feiticeiro”, “Valdeck é Prosa e Vanise é Poesia”, “30 Anos de Poesia”, “Heartache Poems”, ”Yes, I am gay. So, what? – Alice in Wonderland”, “O MST e a Mídia: uma análise do discurso sobre o Movimento dos Sem Terra nos jornais A TARDE online e O Globo online” (co-autor: Jobson Santana), dentre outros, e participa de mais de 75 antologias. Organiza e patrocina o Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus de Poesia, desde 2005, o qual já lançou mais de 1000 textos. Colabora com os sites Favas Contadas, Artigonal, Web Artigos, Recanto das Letras, Portal Literal, Portal Villas, Pravda, PodCultura, Overmundo, Comunique-se, Dzaí, Difundir, Jornal do Brasil, Só Artigos e À queima roupa. Tem textos divulgados nas rádios online Sol (Diadema-SP), Raiz Online (Portugal) e CBN (Globo). Site: www.galinhapulando.com

KARLINE DA COSTA BATISTA, (1988) nasceu em Aracati (CE). Graduanda em Letras pela Universidade Federal do Ceará escreve desde os sete anos. Em 2011 conquistou o 2° lugar no I Prêmio Alt Fest! de Poesia, (PE). Em 2012 participou do projeto “Um Poema em Cada Árvore” (MG), publica uma poesia na revista “Um conto” (MG), foi finalista do Prêmio Cecílio Barros Pessoa de Poesia (RJ), 3° lugar no III Prêmio Literário Legislativo- Caçapava do Sul (RS), com textos nas antologias “Versos Soprados pelos Ventos de Outono” e “III Prêmio Literário Legislativo- Caçapava do Sul”. Suas obras estão disponíveis no blog Fênix

22ª BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO 2012

Dia 09 a 19 de Agosto de 2012, das 10 às 22 horas
Parque de Exposições Anhembi
Avenida Olavo Fontoura, 1209
Bairro Santana – São Paulo–SP

CAPA: ILUSTRAÇÃO RICK CARICATURAS

domingo, 24 de junho de 2012

KARLINE BATISTA SELECIONADA PARA ANTOLOGIA EM HOMENAGEM A JORGE AMADO.


 EU NASCI ASSIM. EU CRESCI ASSIM. 




Queridos leitores!

No dia 2 de junho de 2012 recebi a notícia de que meu artigo “As mulheres de Amado” participará de uma antologia em homenagem ao centenário do autor de Gabriela. O Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus selecionou, dentre centenas de inscritos, 63 autores nacionais e internacionais a compor um livro cujo lançamento será na 22ª Bienal de São Paulo. 

No texto exponho a representatividade feminina na obra amadiana a revelar traços precursores através do contexto sociocultural e literário. Contentíssima em poder participar, expresso meu profundo agradecimento ao jornalista Valdeck Almeida de Jesus, grande incentivador da cultura nacional, e a União Brasileira de Escritores (Núcleo Bahia) por prestar honrosa homenagem a um dos escritores mais famosos e mais lidos do mundo.

A seguir, divulgo a lista com os autores contemplados neste primeiro livro, sendo que aqueles escritores cujos nomes e textos não aparecem nesta listagem continuam a concorrer para a próxima antologia.

ABRAÃO LEITE SAMPAIO (GOVERNADOR VALADARES–MG): JORGE LEAL AMADO DE FARIA, NOSSO… “AMADO JORGE”
ADRIANA QUEZADO (FORTALEZA-CE): CABELO MELADO DE GABRIELA
AGOSTINHA MONTEIRO (VILA NOVA DE GAIA – PORTUGAL): JORGE AMADO
ALICE GÖDKE (CAMPO LARGO-PR): NOSSO JORGE AMADO
AMANDA D’ANDREA LÖWENHAUPT (PELOTAS–RS): DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS
ANA CLAUDIA DE SOUZA DE OLIVEIRA (CURITIBA-PR): JORGE “O BEM” AMADO (CONVIDADA)
ANA ROSA DE OLIVEIRA (RECANTO DAS EMAS-DF): OBRIGADO AO JORGE!
ANDRÉ KONDO (CARAGUATATUBA-SP): VISITA À CASA DE JORGE AMADO
BEATRIZ MORAES FERREIRA (ITAPERUNA–RJ): JORGE AMADO: COMO ESQUECÊ-LO?
BETTY SILBERSTEIN (SÃO PAULO-SP): JORGE AMADO (1912-2012)
BRUNO MONTEIRO FLORES (RIO DE JANEIRO–RJ): VOZES DO SERTÃO E TERRA ADUBADA COM SANGUE
CARLOS SOUZA DE JESUS (SALVADOR-BA): JORGE AMADO E A UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES
CLARISSA DAMASCENO MELO (ITAJUÍPE-BA): BAHIA!
CRISPIM SANTOS QUIRINO (MARAGOGIPE-BA): UMA CRÔNICA (POSSÍVEL) SOBRE JORGE AMADO
DANILO SOUZA PELLOSO (LUCÉLIA-SP): OBÁ DE XANGÔ (CONVIDADO)
DENÍLSON DA SILVA ARAÚJO (PARNAMIRIM-RN): A CONSTRUÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL DE JORGE AMADO: O PAÍS DO CARNAVAL, CACAU E SUOR; CAPITÃES DA AREIA; OS VELHOS MARINHEIROS
DHIOGO JOSÉ CAETANO (URUANA-GO): QUERO SER UM JORGE AMADO
DIOGO CANTANTE (ÍLHAVO – PORTUGAL): É PÁSCOA TER-TE AMADO E JORGE AMADO (CONVIDADO)
DIOGO ROCHA BRAGA (LAURO DE FREITAS-BA): JOÃO JORGE AMADO E GRILO EM: OS FELIZES 100 ANOS DE UM BAIANO ARRETADO E JORGE AMADO. UM CASO DE AMOR COM A BAHIA
DOMINGOS ALBERTO RICHIERI NUVOLARI (OSASCO–SP): AMADO FOI JORGE, QUE DESENHOU SUAS RAÍZES ESCREVENDO!
ED CARLOS ALVES DE SANTANA (SALVADOR-BA): UMA NOVA SALVADOR E JORGE AMADO
EDWEINE LOUREIRO DA SILVA (SOUKA-SHI SAITAMA, JAPÃO): SALVADOR DE UM AMADO JORGE
ELSON CARVALHO ALVES (SÃO PAULO-SP): SEU JORGE DA BAHIA
EULÁLIA CRISTINA COSTA E COSTA (SÃO LUÍS-MA): O DESTINADO E O DESTINATÁRIO
GIL NASCIMENTO (SALVADOR-BA): HOMEM DA TERRA, DO CÉU E DO MAR
GUSTAVO ZEVALLOS (SÃO PAULO-SP): JULIEN E O AMADO AMIGO JORGE
ISADORA SABAR (SALVADOR-BA): O QUERIDINHO DOS BAIANOS
JANIO FELIX FILHO (ITAITUBA-PA): UM PEDAÇO DO MAR
JOSAFÁ DE ORÓS (CAMPINA GRANDE–PB): CRÔNICA DE UMA PAIXÃO ANUNCIADA: JORGE, AMADO!
JÚLIO CÉSAR FREID’SIL (RIO DE JANEIRO-RJ): UM JORGE AMADO (CONVIDADO)
KARLINE DA COSTA BATISTA (ARACATI-CE): AS MULHERES DE AMADO
LÉA COSTA SANTANA DIAS (SALVADOR–BA): “NEM O ÓDIO, NEM A BONDADE”: JORGE AMADO E A LUTA PROLETÁRIA NO ROMANCE CAPITÃES DA AREIA
LÉNIA DE FÁTIMA NUNES AGUIAR (ILHA TERCEIRA, AÇORES, PORTUGAL): BAHIANO ROMANCISTA
LIMA MACIEIRA (SALVADOR-BA): NÃO QUERO FALAR DE UM JORGE BAIANO QUALQUER
LUCAS EXPEDITO CLARO PRADO (TAIAÇU–SP): LEITOR BRASILEIRO HONRADO CARREGA CONSIGO O JORGE AMADO
LÚCIA AEBERHARDT (BIEL, SUÍÇA): HOMENAGEM ACRÓSTICA AO CENTENÁRIO DO ESCRITOR (CONVIDADA)
MARCELO ALLGAYER CANTO (CACHOEIRINHA-RS): JORGE AMADO, ESCRITOR SEM IGUAL
MARCIO SANTOS (SALES SALVADOR-BA): O IMAGINÁRIO “AMADIANO”
MARIA DA CONCEIÇÃO BRAGA DE CASTRO (SALVADOR-BA): CENTENÁRIO DE UMA ETERNIDADE CHAMADA JORGE
MARIA DAS GRAÇAS EVANGELISTA SANTOS (SALVADOR-BA): O EMPOLGANTE UNIVERSO LITERÁRIO DO ESCRITOR: JORGE AMADO
MARIA DE LOURDES MATOS LETRA TOMÉ (LONDRES, GRÃ-BRETANHA): JORGE (PARA SEMPRE) AMADO
MARIA FERNANDA REIS ESTEVES (SETÚBAL – PORTUGAL): BRASIL PARA MIM TEM FRAGRÂNCIA DE CRAVO E CANELA
MARIA JOSÉ DE OLIVEIRA SANTOS (ALAGOINHAS-BA): SABERES E SABORES EM DONA FLOR (CONVIDADA)
MARIA LUIZA FALCÃO (BELO HORIZONTE-MG): O AMOR DO AMADO
MARILENE MARIA DE OLIVEIRA (SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP): PRIMEIRO DIA EM SALVADOR
MARILENE OLIVEIRA DE ANDRADE (VARZEDO-BA): SEM-PERNAS: O RETRATO DE MUITAS CRIANÇAS BAIANAS
MARINA FERNANDA VEIGA DOS SANTOS DE FARIAS (SÃO LUÍS-MA): O MAIS AMADO DE TODOS
NEVA SCARAZZATI DE OLIVEIRA (SÃO PAULO–SP): JORGE LEAL AMADO DE FARIA
NUBIA ESTELA STRASBACH (CONTENDA-PR): O NAMORO
OLMIRA DANIELA SCHAUN DA CUNHA (ITABORAÍ-RJ): JORGE, O AMADO
PAULA CRISTINA FRAGA ALVES (AMADORA – PORTUGAL): CARTA A JORGE AMADO
QUITILANE PINHEIRO DOS SANTOS (SÃO MATEUS–ES): JORGE AMADO E O CINEMA
RENATA LEONE (SÃO PAULO–SP): CAPITÃES DE AREIA E CONCRETO
RENATA RIMET (SALVADOR–BA): UM PAÍS DESCRITO POR JORGE
ROBERTO AUGUSTO DE PIRATININGA FERRARI (CARAPICUÍBA–SP): HOMENAGEM A JORGE AMADO
ROSELI PRINCHATTI ARRUDA NUZZI (SÃO PAULO-SP): JORGE AMADO EM O SER BRASILEIRO
SILAS CORREA LEITE (ITARARÉ-SP): JORGE AMADO – PARA O MUNDO ARTÍSTICO-CULTURAL, O MAIOR E MAIS POPULAR ESCRITOR BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS
SILVIA HELENA MACHUCA (PIRACICABA-SP): O EVANGELHO SEGUNDO JORGE AMADO
SILVIO PARISE (NOVA YORK, ESTADOS UNIDOS): JORGE AMADO: UMA BREVE ANÁLISE BIOGRÁFICA
SOLANGE GOMES DA FONSECA (CURITIBA-PR): LINGUAGEM LITERÁRIA: UMA ANÁLISE NA OBRA TIETA DO AGRESTE DE JORGE AMADO
VARENKA DE FÁTIMA ARAÚJO (SALVADOR-BA): JORGE AMADO
VÓ FIA – MARIA APARECIDA FELICORI (NEPOMUCENO-MG): PASSEIO UTÓPICO COM JORGE AMADO
ZECA SÃO BERNARDO (SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP): AXÉ, BABÁ...

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Livro Grátis: Poesias, crônicas e contos

  III Prêmio Literário Legislativo- Caçapava do Sul (RS)  




Olá pessoal!

Este mês tenho muitas novidades para compartilhar com vocês. E uma delas é que acabo de receber a autorização para disponibilizar gratuitamente a antologia " III Prêmio Literário Legislativo" Caçapava do Sul (RS). O prêmio é um grande incentivador da cultura contemporânea brasileira, pois tem selecionado anualmente textos da nova geração de escritores.

Faça o download clicando em " III Prêmio Literário Legislativo

Vale super a pena conferir! Espero que vocês curtam essa dica.

Xeruh!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

MIL POEMAS PARA GONÇALVES DIAS


 AGORA VOU CANTAR GONÇALVES !



Essa dica vai para aqueles que gostam de escrever. Que tal homenagear o poeta Gonçalves Dias (aquele do poema " Minha terra tem palmeiras...") com mil poesias? 

O projeto surgiu no Chile durante a celebração dos 107 anos do poeta Pablo Neruda quando foi lançada a antologia “Mil Poemas Para Pablo Neruda” organizada por Alfred Asís. A partir dessa iniciativa, a Dra. Dilercy Adler em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão e a Academia de Letras  de Caxias pretendem lançar a antologia “Mil Poemas para Gonçalves Dias”.A antologia será publicada pela editora da Universidade Federal do Maranhão

Os interessados devem acessar o site do IHGM para obter maiores informações. Além de poemas, haverá seleção de artigos sobre Gonçalves Dias, vida e obra.

Já estou preparando os meus poemas! Participe você também !

Xeruh

terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia dos Namorados





Particularmente, prefiro criar minhas próprias datas e comemorá-las. Esquivo-me de certas festividades cujo simbolismo/ motivo inicial não signifiquem algo para mim.O Dia dos Namorados, por exemplo, tem mais haver com o dia 14 de fevereiro do que com o dia 12 de junho.Opinião minha.

Mas, se esta é a data oficial aqui no Brasil e se há um motivo ( fora os presentes) para tal ocasião, rendo-me aos fatos e abraço este dia com todo carinho e amor do mundo.

O que não se pode é esquecer o real sentido do dia 12 e se ater somente a compra de coisas que às vezes, eu disse às vezes, só prova o seu poder aquisitivo, mas é saldo negativo em questão das coisas do coração.

Aos solteiros, um conselho: Curtam essa fase.

Aos apaixonados, como eu: Feliz Dia!

E vamos amar porque a vida é breve.

Um xeruh


sexta-feira, 8 de junho de 2012

TERCEIRO LUGAR NO III PRÊMIO LITERÁRIO LEGISLATIVO (RS)


Poema Abrasileirado Poetizando o Mundo!


No dia 10 de maio de 2012, com a poesia “Poema Abrasileirado”, conquistei o 3° lugar no III Prêmio Literário Legislativo de Caçapava do Sul (RS) na categoria “Poesia - Acadêmicos”.

O concurso que recebeu 433 inscrições de autores nacionais e internacionais (Japão e Suíça) culminou com a produção de uma antologia com os contos, crônicas e poesias vencedoras.

Expresso meus sinceros agradecimentos aos membros da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul (RS) e da Casa do Poeta Caçapavano pela realização deste projeto que enaltece a cultura brasileira anualmente. Também agradeço a todos aqueles que me incentivaram e a Deus pelo dom da criação poética. 


O PRÊMIO



O concurso foi realizado pela Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul em parceria com a Casa do Poeta de Caçapava do Sul- CAPOCAÇA.

A sessão ocorreu no Salão Paroquial onde foi homenageada também a comissão organizadora da XXII Feira do Livro a vereadora Rosilda Freitas, ex-presidente do Legislativo e incentivadora do Prêmio. Em virtude da ampla divulgação, houve participação de 433 escritores nacionais e internacionais inscritos em diversas categorias. 

No estilo poesia, categoria Ensino Fundamental, as vencedoras foram: Graziela Nunes, (3° lugar) Letícia Antunes (2° lugar) e Alice Pereira (1° lugar). Marwio Câmara (3° lugar), da cidade de Santa Cruz, RJ, a caçapavana Karolene Ramires (2° lugar) da Escola Técnica Rubens da Rosa Guedes e o Érecles Horstamm (1° lugar) de Tijucas, SC foram os ganhadores na categoria Ensino Médio.

A aracatiense Karline Batista conquistou o 3° lugar com a poesua “Poema Abrasileirado” ao lado de João Paulo Hergesel de São Paulo (2° lugar) e Antônio Baracat (1° lugar), da cidade de Itabuna na categoria Acadêmicos.

Maria Celeste Carloto (3° lugar), André Soares (2° lugar) e o caçapavano Ubiratã Soares (1° lugar) foram os premiados na categoria Pessoas da Comunidade.

No estilo conto, o 3º lugar foi para Paula Giovana Santos, o 2° para Ana Paula Rodrigues e Matheus Alves conquistou o 1 ° lugar na categoria Ensino Fundamental.Na categoria Acadêmicos os caçapavanos Edson Luis marques e Roger Fabiano Alves ganharam os 3º e 2º lugares ficando o 1° lugar para João Paulo Hergesel da cidade de Sorocaba, SP.

Márcia Regina Araujo (3° lugar), Edweine Loureiro (2° lugar) e Silvana Michele Ramos (1° lugar), moradora do estado do Pará, que compareceu à premiação e prestigiou Feira do Livro, foram os vencedores na categoria Comunidade.

Na ocasião a vereadora Rosilda Freitas e a Presidente da Casa do Poeta, Felícia Lopes agradeceram a todos que tornaram este evento possível dando continuidade ao Prêmio.

Houve o lançamento da antologia “3º Prêmio Literário” com uma sessão de autógrafos com os escritores homenageados presentes. Os vencedores receberam exemplares e parte dos livros será doada para órgãos educacionais.

O evento encerrou-se com o enaltecedor discurso do Presidente da Casa, Ilson Tondo, comentando sobre a importância da cultura e a necessidade de incentivos a ressaltar o engrandecimento do Prêmio que já alcançou o cenário internacional. 

MEU POEMA

Poema Abrasileirado

Piano à beira do abismo
É niilismo, é niilismo.
Tecla a tecla, ouço um gemido.
Sol ferido, sol ferido.

Tamoio, Tamoio
Me traz um cocar
Maloio, maloio
Carnaúba, caju e cajá.

Vitrola tocando tango
Eu sambo, eu sambo.
Cantilena to be or not to be
Sou mais tupi, sou mais tupi.

Crioulo, crioulo
Me ensina a gingar
Vernáculo, vernáculo
Luso-afro-tupinambá.

*Baixe gratuitamente o livro " III Prêmio Literário Legislativo" 


sexta-feira, 11 de maio de 2012

KARLINE BATISTA : ENTREVISTADA PELO BLOG MERGULHANDO NA LEITURA




Depois de um enooorme tempo sem dar notícias retorno com uma montão delas! Mais calma...contarei/postarei aos poucos. E para começar, nada melhor do que contar sobre a entrevista que concedi ao  blog Mergulhando na Leitura  do talentoso Ygo Maia. Agradeço pelo convite e expresso meu contentamento em concedê-lo. Sem mais delongas transcrevo a entrevista e convido a todos para que visitem o blog do Ygo. Vale a pena!

E com vocês :  

Entrevista com Karline Batista

Mais uma entrevista aqui no blog "Mergulhando Na Leitura". Dessa vez com a estudante aracatiense Karline Batista. Confiram:


Nome completo – Karline da Costa Batista 

Data de nascimento – 11/03/1988

Naturalidade – Aracati-CE

Grau de formação – Letras - Língua Portuguesa (Graduanda)

Profissão – Estudante



Ygo: Quem é Karline Batista?
Karline: Preferiria fugir das definições por eu ser ainda um ser em construção. Todavia é certo dizer que sou uma mulher que vê poesia em tudo e que busca mais a sabedoria do que o conhecimento. Criada no Córrego dos Rodrigues, uma região que até pouco tempo tinha características rurais, aprendi a ter um profundo respeito com a natureza. Gosto de ler, de aprender e de ensinar. Procuro manter um olhar otimista sem deixar de ser realista. Considero-me um aprendiz da vida!

Ygo: Quando você descobriu que tinha o dom para escrever poesias/poemas?
Karline: Descobri através da minha sede voraz por leitura. Meus pais sempre me incentivaram a ler, mas havia um problema: eu não dispunha de livros. Aracati é uma cidade que não tem livrarias e só recentemente ganhamos uma biblioteca pública mais organizada. Então comecei a confeccionar os meus próprios livros. Inventava as histórias, fazia os desenhos, a capa, colocava o meu nome, isso aos sete, oito anos. Um dia, aos dez anos, uma professora leu para nós um poema muito bonito que somente depois fui saber que se tratava do Soneto de Fidelidade de Vinicius de Moraes. Aqueles versos tocaram em mim de um jeito inesquecível e foi então que disse para mim mesma que queria produzir textos daquela forma. Relendo alguns manuscritos daquela época vejo que a maioria dos meus poemas versava sobre o meu “eu” e esse é um tema muito forte e complexo para uma criança de onze, doze anos. Mas foi assim que se deu e que de repente me descobri poetisa.

Ygo: Recentemente, você foi finalista no Prêmio Cecílio Barros Pessoa de Poesia, em Arraial do Cabo/RJ. Como foi essa experiência?
Karline: Ainda hoje me emociono com conquistas como esta. Vivenciar esta experiência foi altamente gratificante, pois escrevo para me expressar e colocar no papel coisas que penso e sinto. Sei que isso é bem clichê, mas é o que é. Experiência semelhante eu vivi ano passado ao conquistar o 2° lugar dentre mais de 500 inscritos no I Prêmio Alt Fest! de Poesia em Olinda. E então quando você percebe todo este trabalho sendo mais uma vez reconhecido, ou no caso, agraciado com a 8ª colocação não tem como não conter a emoção. Em Arraial do Cabo ao todo foram 286 inscritos que passaram pela exigente banca de jurados formada pelo presidente e membros da Academia Cabista de Letras (organizadora). Esta conquista significa muito para mim, pois é a confirmação de que estou no caminho certo.

Ygo: Ainda sobre o Prêmio Cecílio Barros, você concorreu utilizando um pseudônimo. Quem é a “Lady Cecília de Aquitânia”? 
Karline: Lady Cecília, duquesa de Aquitânia e condessa da Gasconha, (atual França). Aprendeu a apreciar poesias lendo poemas de um antepassado seu, o duque Guilherme IX um dos primeiros trovadores da Idade Média entre outros. Culta, domina dez idiomas, mas considera o português a sua pátria linguística. Sua personalidade forte, sagaz e vasto conhecimento forjam comparações com outro antepassado, a saber, a rainha da Inglaterra Eleonora de Aquitânia. Uma curiosidade é que em um passado bem distante Aquitânia foi a mais rica e culta província da França e grande parte deste desenvolvimento se deu através de Eleonora, então rainha em pleno século 12. Atualmente os brasões e títulos conferem apenas histórias à Lady Cecília sendo o seu único reino e soberania a poesia. E quem é Lady Cecilia Franco Poitiers Baptista de Aquitânia? É última herdeira da Casa Real dos Poitiers, nascida aos 28 de fevereiro de 1988 na cidade de Donostia (País Basco - Espanha). Aos 12 anos muda-se com a família para o Ceará fixando residência em Aracati. Descobre-se poetisa ao caminhar pela Praia de La Concha (Donostia) escrevendo seus primeiros versos na areia. Embora seja basca por nascimento sente-se inteiramente brasileira. Há um provérbio basco que diz: "Ametsik gabeko bizia, izarrik gabeko gaua" que quer dizer "Uma vida sem sonhos é como uma noite sem estrelas". E é nisto que Lady Cecília acredita.
Ps.: A escolha do pseudônimo se deu por exigência do edital. Lady Eleonora de Aquitânia proporcionou-me parte da inspiração substituindo apenas Eleonora por Cecília (nome da minha mãe) que para mim é um nome nobre.

Ygo: Graduandos da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – MG) criaram a revista “Um Conto. Alguma Literatura.” Conte um pouco sobre esse projeto no qual você foi selecionada para participar.
Karline: A revista “Um Conto. Alguma Literatura” foi outro momento importante. O referido projeto é desenvolvido por graduandos de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora e recebe poemas e contos de diversos lugares tendo a difícil missão de selecionar apenas cinco poemas e um conto. Com intuito de promover a poesia marginalizada que muitas vezes não tem espaço, a Um Conto oportuniza esta divulgação incentivando o gênio poético e assim, em fevereiro de 2012, tive o privilégio de ser um dos escolhidos. Depois de selecionados, os autores devem enviar uma minibiografia e indicar uma música e um livro a compor um post no blog da revista. Este é um projeto sensacional.
Para conhecer o blog da revista Um Conto, clique aqui.

Ygo: Em janeiro, houve mais uma edição do projeto “Um poema em cada árvore”. Qual foi a sua reação ao saber que um poema seu estava em uma árvore na cidade de Governador Valadares/MG?
Karline: Alegria total! Primeiro pela ideia geral do próprio projeto, que convenhamos, é inusitado e original. Segundo por saber que um poema meu seria exposto numa rua de Governador Valadares acessível à centenas de pessoas. É uma experiência única na vida de qualquer poeta, pois é a poesia que vai ao povo, apresenta-se a ele sem imposição. O mundo moderno costuma esquecer e desprezar gêneros como o poético, o que é um erro, uma vez que a poesia proporciona bem-estar, serenidade e inibe o estresse. E vejo isto neste projeto: a missão de incentivar a leitura e produção de poesias promovendo hábitos saudáveis. 

A poesia proporciona bem-estar, serenidade e inibe o estresse, diz Karline  Batista.

Ygo: Você acha que o projeto “Um poema em cada árvore” daria certo na cidade de Aracati/CE?
Karline: Com certeza! Aracati conserva uma veia poética intensa e embora uma parte da população esteja alheia a isso, a poesia ainda é atrativa para o aracatiense. Este projeto teria sucesso se implantado em nossa cidade desde que se dê um fim ecologicamente correto aos poemas depois de expostos. No caso de Governador Valadares, após a exposição, os poemas são distribuídos em eventos culturais. Através de parcerias, houve uma edição em Xapuri (AC) e Rio Branco (AC) e isto reforça a minha crença de que este projeto daria certo em Aracati e região. 

Ygo: Você já pensou em escrever um livro de poesias/poemas?
Karline: Sempre tive vontade de produzir um livro de poesias e este projeto ficou adormecido até que recentemente, dado os últimos acontecimentos, esta ideia vem ganhando força. Não tendo nada programado para um futuro próximo. No entanto este ano será publicada uma antologia pela BigTime em que três poemas meus foram selecionados.

Ygo: Numa escala de 0 a 10, quanto a Karline Batista atinge como pessoa?
Karline: Acredito que 9.  É um tanto presunçoso mais sinto que é assim. Procuro manter canais abertos com aqueles com quem convivo, facilitando o diálogo, criando pontes e fortalecendo os laços. Pois mesmo quando as pessoas passam rapidamente por nossas vidas, elas carregam uma impressão a nosso respeito. Sou consciente disto e procuro manter uma postura positiva fazendo com que meus atos revelem princípios como amor e serenidade sabendo também que isto vai da concepção de cada um. Por isso, 9.

Mergulho Rápido

Ygo: Uma palavra...
Karline: Perseverança!
Ygo: Leitura...
Karline: Eclesiastes!
Ygo: Um lugar...
Karline: Minha casa!
Ygo: Amizade...
Karline: Afinidade!
Ygo: Uma comida...
Karline: Lasanha!
Ygo: Alguém especial...
Karline: Meus pais!
Ygo: Uma música...
Karline: Tocando em frente!
Ygo: Deus...
Karline: Amor!

sábado, 14 de abril de 2012

Dança da Galera : Aracati ( CE) vem para arrasar!





Neste domingo, (15) o Domingão do Faustão apresentará o quadro " Dança da Galera" , no qual eu estou participando na coreografia ( Arrasa!). Os ensaios e a gravação ocorreram em março e as filmagens foram feitas na belíssima praia de Canoa Quebrada, tudo ao som de Fagner!

O objetivo é faturar o prêmio de R$ 100 mil reais que serão aplicados em projetos educacionais mantidos pela Pastoral da Criança da cidade ganhadora. E é por isso que peço-lhes para que votem , votem muito em Aracati(CE) pois precisamos destes investimentos para desenvolver a Educação aracatiense. A disputa será contra Diamantina( MG)

Ah! Sem falar que a nossa coreografia está arrebentando! Simplesmente in-crí-vel !
Precisamos do seu voto! Acesse o link e dê esta vitória ao Aracati!
Pode votar várias vezes!

http://tvg.globo.com/domingao-do-faustao/danca-da-galera/noticia/2012/04/vote-no-nosso-torcidometro-e-mostre-que-sua-torcida-e-mais-empolgada.html

E para não restar dúvidas sobre o porquê que Aracati deve levar a melhor, vou deixá-los com este vídeo, um mero aperitivo do que vem por aí!

Aguardem! Vocês não perdem por esperar!